terça, 02 outubro 2018 13:05

“Há uma linha que separa a realidade e os sonhos dos doentes e o controlo metabólico”

Na gestão e tratamento das pessoas com diabetes, os médicos estão “formatados para tomar decisões e abordagens validadas cientificamente”, mas é preciso ter em conta “que há uma linha que separa a realidade e os sonhos dos doentes e o controlo metabólico”. As palavras são da Dr.ª Joana Louro, especialista de Medicina Interna do Centro Hospitalar do Oeste, que reconhece que é necessário “olhar para o outro lado do espelho”. Assista ao vídeo da entrevista.

Para a Dr.ª Joana Louro, é importante que os especialistas ultrapassem “os seus próprios limites, enquanto médicos de uma doença que é para a vida”. Assim, olhar para um doente com diabetes deve ir para além dos “valores de hemoglobina A1c e da perspetiva metabólica e terapêutica”, procurando olhar para a realidade pessoal dos doentes.  

Vídeo

PUB

Planning

Endo Planning

Newsletter

Receba a nossa newsletter.

APOIOS:
.......................

merckA Menarini Diagnostics CERT