terça, 11 dezembro 2018 15:47

O impacto da glicémia na diabetes

“Diabetes, o presente e o futuro” foi o tema de mais uma edição das Conferências CUF, uma organização da Academia CUF que decorreu dias 16 e 17 de novembro em Viseu, juntando mais de 200 participantes. A Dr.ª Inês Fontoura abordou o problema da hipoglicemia e as suas principais complicações e, em entrevista ao My Diabetes, destaca os principais pontos em análise.

Conforme explica a especialista, a hipoglicemia é uma das complicações agudas que pode ocorrer ao longo do tratamento da diabetes mellitus, definindo-se pela presença de sintomas autonómicos ou neuroglicopémicos, associados a um valor de glicose plasmática inferior ou igual a 70 mg/dl, e em que estes sintomas revertem quando administramos glicose.

E qual o problema da hipoglicemia e por que razão foi abordada nestas conferências? De acordo com a especialista, a hipoglicemia vai influenciar vários sistemas e “pode provocar lesões neurológicas permanentes e já foi associada a demência na população idosa”. A pessoa com hipoglicemia pode sofrer de alterações de humor, perder a consciência e até entrar em coma, acrescenta.

“Há assim uma grande influência na realização de tarefas do dia-a-dia, sendo que quando ocorre enquanto a pessoa está a conduzir o desfecho pode ser catastrófico”, explica, referindo que, para além disso, “está associado a um impacto muito elevado a nível económico – não só para o seu tratamento mas também para a resolução de todas as complicações associadas".

PUB

Planning

Endo Planning

Newsletter

Receba a nossa newsletter.

APOIOS:
.......................

merckA Menarini Diagnostics CERT