quarta, 14 novembro 2018 10:45

A diabetes ainda está subdiagnosticada em Portugal, alerta a Sociedade Portuguesa de Cardiologia

Em Portugal, cerca de um milhão de portugueses sofre de diabetes, mas 5,4% da população não está diagnosticada. Neste sentido, a Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC) vem alertar para o facto de a patologia no país ainda estar subdiagnosticada.

De acordo com a SPC, em Portugal, a prevalência da diabetes tem apresentado um crescimento marcado e estima-se que 12,4% dos portugueses sofra desta doença, apesar de só 7% estarem diagnosticados.

Nas últimas décadas têm-se observado níveis crescentes de obesidade infantil e juvenil, verificando-se, também, o aumento da incidência de diabetes mellitus tipo II abaixo dos 18 anos. Esta realidade é decorrente do aumento global da prevalência de obesidade, sedentarismo e de um maior consumo de calorias, factos que predispõem ao desenvolvimento de diabetes. Uma em cada 10 mulheres e 1,5 em cada 10 homens tem diabetes. Ou seja, mais de um milhão de portugueses, com idades entre os 20 e os 79 anos, sofre desta patologia. Estima-se que em 2025 existirão cerca de 300 milhões de diabéticos em todo o mundo.

Esta doença é considerada um grave problema de Saúde Pública, devido à elevada morbilidade e mortalidade relacionadas com as suas complicações, das quais se destacam as doenças cardiovasculares, a principal causa de morte numa pessoa com diabetes.

Para a SPC, "a diminuição da prevalência da diabetes mellitus na população portuguesa, particularmente em jovens adolescentes, deve ser um desígnio nacional, para evitar um aumento da mortalidade cardiovascular nas futuras gerações".

PUB

Planning

Endo Planning

Newsletter

Receba a nossa newsletter.

APOIOS:
.......................

merckA Menarini Diagnostics CERT