terça, 04 dezembro 2018 11:13

APDP lança livro para doentes e profissionais de saúde sobre as grandes questões relativas à utilização da insulina

No âmbito do 2.º Congresso Nacional APDP, a Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal (APDP), lançou no dia 23 de novembro, o livro “INSULINA - Da teoria à prática”. Da autoria da APDP, com a coordenação científica de Luís Gardete Correia e Bruno Almeida, este manual, editado pelo Grupo LIDEL, apresenta respostas a todas as grandes questões relacionadas com a utilização de insulina e destina-se a técnicos de saúde e a pessoas com diabetes.

Como iniciar a insulina, porquê controlar a glicemia, quais as estratégias para otimização das doses de insulina ou como lidar com a insulina na gravidez, na criança e no adolescente são algumas das questões abordadas no livro.

A diabetes atinge uma grande parte da população mundial e em Portugal mais de um milhão de pessoas. Segundo o Relatório do Observatório Nacional da Diabetes referente a 2015 (8.ª edição), a prevalência estimada da diabetes tipo 2 na população portuguesa com idades compreendidas entre os 20 e os 79 anos (7,7 milhões de indivíduos) foi de 13,3%, isto é, mais de um milhão de portugueses neste grupo etário têm diabetes tipo 2, dos quais 7,5% com diabetes diagnosticada e 5,8% por diagnosticar.

Quanto à situação de pré-diabetes - hiperglicemia intermédia (alteração da glicemia em jejum, tolerância diminuída à glucose, ou ambas) atinge 27,4% da população portuguesa com idades compreendidas entre os 20 e os 79 anos (2,1 milhões de indivíduos) (Observatório Nacional da Diabetes, 2016). A diabetes tipo 2 aumenta com a idade, atingindo em termos percentuais os valores mais elevados entre os 65 e 74 anos. O impacto do envelhecimento na estrutura etária da população portuguesa refletiu-se num crescimento na ordem dos 13,6% na taxa de prevalência da diabetes entre 2009 e 2015.

PUB

Planning

Endo Planning

Newsletter

Receba a nossa newsletter.

APOIOS:
.......................

merckA Menarini Diagnostics CERT