Investigação

A prática de atividade física é fundamental para as pessoas com diabetes tipo 2 e essencial para controlar o açúcar no sangue e na melhoria da saúde do coração. Esta é uma das conclusões descritas no artigo mais recente da European Association of Preventive Cardiology da European Society of Cardiology (ESC), publicado ontem, 15 de janeiro.

De acordo com os resultados de uma análise post-hoc de ensaios clínicos, as pessoas com diabetes tipo 1 e tipo 2 podem ter um melhor controlo glicémico (HbA) com insulina degludec em comparação com glargina U100, sem que se registe aumento de hipoglicemia. Os resultados desta nova análise dos estudos SWITCH 1 e 2 foram apresentadas no 54.º Encontro Anual da Associação Europeia para o Estudo da Diabetes (EASD 2018) em Berlim, Alemanha.

Resultados de diversos estudos com células estaminais mesenquimais (MSC) têm-se apresentado favoráveis no que respeita à atenuação de complicações associadas à diabetes tipo 2. Os investigadores têm sugerido que parte dos efeitos terapêuticos se devam a vesículas libertadas pelas MSC.

Pág. 1 de 19

PUB

Planning

Endo Planning

Newsletter

Receba a nossa newsletter.

APOIOS:
.......................

merckA Menarini Diagnostics CERT