quarta, 14 fevereiro 2018 12:10

Portugueses desvalorizam a diabetes como fator de risco para a doença coronária

A maioria dos portugueses está familiarizada com os fatores de risco, sintomas e tratamento de enfarte agudo do miocárdio (EAM). Contudo há ainda muitas pessoas a desvalorizar a diabetes como fator de risco associado a esta doença. Estas são as principais conclusões do maior estudo elaborado em Portugal sobre esta doença, publicado hoje, 14 de fevereiro, Dia Nacional do Doente Coronário.

A investigação foi elaborada pela iniciativa Stent Save a Life, que tem como objetivo reduzir a mortalidade por EAM, em parceria com a Pitagórica. O estudo, onde participaram 1044 indivíduos, residentes em Portugal e com uma idade mínima de 15 anos, marca o fim da iniciativa Stent for Life em Portugal e o início da Stent Save a Life.

A esmagadora maioria dos inquiridos (92%) considera que os fatores de risco associados ao enfarte agudo do miocárdio podem ser evitáveis, dando primazia ao excesso de peso como fator de risco principal. Importa sublinhar a desvalorização da diabetes mellitus como fator de risco para a doença coronária. Conforme explica Hélder Pereira, coordenador da Stent Save a Life na Europa, “os inquiridos mostraram estar muito bem informados sobre os fatores de risco cardiovasculares, no entanto desvalorizaram a diabetes mellitus. Foi dado o devido relevo aos fatores de risco para a própria diabetes, como o excesso de peso, erros alimentares e sedentarismo, mas não se atribuiu o mesmo valor à própria diabetes. Na nossa campanha deveremos passar a dar mais destaque à diabetes, pois esta patologia é cada vez mais um problema de Saúde pública”, sublinha.

O conhecimento das pessoas em relação a este tipo de enfarte aumentou e, dos 1044 indivíduos inquiridos neste estudo, 95% associaram a “dor no peito” a esta doença, contrariando os 85% obtidos noutro estudo de 2012. Verificou-se ainda que cerca de dois em cada três inquiridos, face aos sintomas típicos de EAM, os identificava com esta patologia. E que a grande maioria (96%) tem consciência de que esta é uma doença extremamente grave, que necessita de tratamento imediato.

PUB

Planning

Endo Planning

Newsletter

Receba a nossa newsletter.

APOIOS:
.......................

merckA Menarini Diagnostics CERT