terça, 27 novembro 2018 10:31

Meta-análise revela impacto neutro da ingestão de sumos de fruta 100% no controlo glicémico

O consumo de sumos de fruta 100% tem impacto neutro no controlo glicémico, revela um estudo recentemente publicado no Journal of Nutritional Science. A investigação, uma meta-análise de 18 ensaios clínicos aleatorizados que envolveu 960 adultos, examinou o impacto da ingestão de sumo de fruta 100% nos marcadores de controlo glicémico.

O estudo, que incluiu participantes com excesso de peso ou fatores de risco metabólicos, como hipercolesterolemia ou diabetes mellitus tipo 2 (DM2), revelou que, em comparação com os grupos de controlo, os sumos de fruta 100% não tiveram um impacto significativo na glicemia de jejum, insulina, nem nos níveis de hemoglobina glicosilada.

Os resultados acompanham os de uma meta-análise anterior que examinou 12 ensaios clínicos aleatorizados em 412 adultos obesos ou com fatores de risco para DM2 ou para doença cardiovascular. Em metade dos estudos, a ingestão de sumos de fruta 100% foi ≥ 400g por dia. Observou-se que o consumo de sumo de fruta 100% não afetou significativamente os níveis de glicose de jejum nem a secreção de insulina.
A análise de subgrupo revelou que os resultados não foram afetados pelos níveis basais de glicose, pela duração do estudo, pelo tipo de sumo de fruta, pelo índice glicémico do sumo de frutas ou pela qualidade do estudo, o que sugere um efeito consistente transversal a estas populações de risco.

Num comunicado divulgado à comunicação social, a Dr.ª Maria João Campos refere que dois fatores podem justificar estes resultados. “Por um lado, os sumos de fruta 100% não possuem um índice glicémico alto. As tabelas de índice glicémico internacionais revelam que o sumo de maçã 100% tem um índice glicémico de 41, enquanto que o sumo de laranja 100% tem um índice glicémico de 50 - ambos inferiores aos dos alimentos com baixo índice glicémico, tais como o pão integral ou a aveia cozinhada”, explica a nutricionista.

“Os elevados níveis de polifenóis nos sumos de fruta 100% podem também ser uma explicação dado que estes compostos têm um papel importante na regulação da glicose-insulina, inibindo a absorção de glicose, estimulando a secreção de insulina e a captação de glicose pelas células, além de modularem as vias de sinalização celular, bem como a expressão genética”, acrescenta.
A compilação destes estudos foi efetuada no âmbito do Programa Fruit Juice Matters da Associação Europeia de Sumos de Fruta. A documentação produzida pelo Programa destina-se apenas a profissionais de saúde e está disponível para download no site Fruit Juice Matters.

PUB

Planning

Endo Planning

Newsletter

Receba a nossa newsletter.

APOIOS:
.......................

merckA Menarini Diagnostics CERT