quarta, 12 dezembro 2018 10:53

Workshop Europeu do Barómetro da Retinopatia Diabética: divulgados dados da prevalência da diabetes em Portugal

Cerca de 70 especialistas, incluindo clínicos gerais, diabetologistas, oftalmologistas, grupos de doentes e organizações não-governamentais (ONG), de 14 países, juntaram-se para discutir a necessidade urgente de implementar, ao nível dos sistemas de saúde, medidas educacionais claras e programas de cuidados de saúde direcionados para adultos com diabetes em risco de complicações oculares. O debate teve lugar no Workshop Europeu do Barómetro da Retinopatia Diabética, nos dias 14 e 15 de setembro, em Milão, Itália, no qual foram divulgados dados da diabetes em Portugal.

De acordo com o estudo, Portugal tem mais de um milhão (788,1-1,311,8 ‡) de adultos com diabetes, o que perfaz 2% das pessoas que vivem com diabetes nesta região. A prevalência nacional de diabetes em Portugal (entre os 20-79 anos) é de 13,6% (10,2-17,0 ‡) e a prevalência comparativa da diabetes ajustada à idade é de 9,9% (7,1-13,3 ‡), o que é acima da média global de 8,8%.

As mortes atribuídas à diabetes em Portugal em 2015 totalizaram 7.896, o que representa ~ 1% das mortes relacionadas com diabetes nesta região. O número estimado de casos não diagnosticados foi de ~ 397.900 (408,4-679,8 ‡).

Conforme relatado por 73 entrevistados com diabetes em Portugal, 29% foram diagnosticados com doença do olho diabético (DED) e outros 11% foram diagnosticados com edema macular diabético (DME).

80 profissionais de saúde concluíram o inquérito em Portugal. Destes, seis eram prestadores especializados em diabetes (7,5%), 43 oftalmologistas (54%) e oito foram prestadores de cuidados primários (10%). Os restantes entrevistados eram optometristas, enfermeiros, profissionais de saúde ou outros profissionais.

Workshop Europeu do Barómetro da Retinopatia Diabética

Tendo por anfitriã a Federação Internacional sobre o Envelhecimento (IFA) e a Bayer, em colaboração com a Agência Internacional para a Prevenção da Cegueira (IAPB), a Federação Internacional de Diabetes (IDF) e a Academia da visão (Vision Academy), os participantes do workshop discutiram como melhorar a triagem dos doentes e o seu diagnóstico e os objetivos do tratamento e avanços terapêuticos recentes. O impacto do envelhecimento da população associada a uma perda de visão relacionada com a diabetes, o valor da educação e da capacitação do doente, a realização de cuidados centrados no doente e a criação e estabelecimento de guidelines e protocolos foram outras das temáticas abordadas pelos participantes.

“Foi fascinante ver um grupo de pessoas, que integra a linha da frente dos cuidados diários da diabetes, a basear-se, em conjunto, nas suas experiências para desenvolver novas ideias e soluções com o objetivo comum de melhorar o controlo da diabetes nos seus doentes e o impacto que esta tem nas suas vidas", explica a Prof.º Doutor Bora Eldem, da Faculdade de Medicina da Universidade de Hacettepe, Turquia e membro da Academia da Visão. “Estou inspirado para continuar estes diálogos com os meus colegas no sentido de trabalhamos juntos para entregar soluções realistas que abordarão problemas comuns a nível regional e que também poderão ser adaptadas para atender aos desafios locais específicos”, refere.

PUB

Planning

Endo Planning

Newsletter

Receba a nossa newsletter.

APOIOS:
.......................

merckA Menarini Diagnostics CERT