Novos estudos apresentados na 54.º Reunião Anual da Associação Europeia para o Estudo da Diabetes (EASD 2018) demonstram que os serviços de saúde e as estratégias de saúde destinadas a reduzir a prevalência de diabetes tipo 2 podem revelar-se ineficazes, a menos que abordem fatores sociais e culturais. Os investigadores relacionaram fatores como as tradições alimentares e os papéis tradicionais de cada género com o aumento da vulnerabilidade da diabetes nas cidades, onde três quartos das pessoas com a doença vão viver até 2045.

Publicado em Investigação

Para assinalar o Dia Mundial do Coração, que se celebrou a 29 de setembro, a Federação Internacional de Diabetes (IDF), em parceria com a Novo Nordisk, anunciou os resultados do estudo “Taking Diabetes to Heart”. O estudo global investigou a consciência sobre a doença cardiovascular (DCV) em 12.695 pessoas com diabetes tipo 2 e revelou que duas em cada três pessoas apresentam vários fatores de risco cardiovascular. Um em cada quatro inquiridos revelou que nunca discutiu o risco cardiovascular com um médico e um em cada quatro considera ter baixo risco de DCV.

Publicado em Investigação

O projeto Sweet-Football arrancou a 14 de setembro, com o propósito de “desenvolver um programa de exercício físico baseado no walking football (“futebol a andar”) para indivíduos de meia-idade e idosos com diabetes tipo 2, e avaliar o seu impacto na saúde”. Em entrevista ao My Diabetes, o Prof. Doutor Romeu Mendes, coordenador do projeto, explica que a “bem conhecida relação de afetividade dos portugueses com o futebol” serviu de mote a esta iniciativa.

Publicado em Entrevistas

A Sociedade Portuguesa de Diabetologia (SPD) publicou recentemente uma “Proposta de Atualização das Recomendações para o tratamento da hiperglicemia na Diabetes tipo 2”, que esteve em discussão pública até ao dia 20 de setembro. Em entrevista ao My Diabetes, o Dr. Rui Duarte, presidente da SPD, explica os principais pontos defendidos nesta proposta, que “fundamentalmente se baseia na individualização terapêutica” e na “centralidade no doente”. Assista ao vídeo.

Publicado em Entrevistas

Semaglutido reduziu de forma consistente o endpoint composto, tempo até a primeira ocorrência de enfarte agudo do miocárdio não fatal e acidente vascular cerebral não fatal ou morte cardiovascular em pessoas com diabetes tipo 2 com um elevado risco cardiovascular. Estes resultados verificaram-se independentemente de os doentes terem tido eventos cardiovasculares prévios ao início do ensaio clínico.

Publicado em Internacional

Os resultados do estudo realizado em ambiente clínico real CONFIRM, que compara a eficiência de insulina degludec versus insulina glargina U300, foram apresentados na 78.º Sessão Científica da American Diabetes Association (ADA). O estudo retrospetivo, não interventivo de efetividade comparativa, que incluiu mais de quatro mil adultos com diabetes tipo 2 que começaram a utilizar insulina basal pela primeira vez, mostraram que após seis meses, as pessoas com diabetes tratadas com o fármaco tinham um valor de HbA1c consideravelmente inferior, comparada com as pessoas com diabetes tratadas com insulina glargina U300 (-1.5% vs. -1.2% respetivamente; p=0.029).

Publicado em Investigação

Uma equipa de investigadores da Universidade Autónoma de Barcelona (UAB) encontrou um tratamento eficaz para a obesidade e a diabetes tipo 2 em ratos através de uma terapia genética. O estudo foi publicado no decorrer da semana passada, a 9 de julho, na revista EMBO Molecular Medicine.

Publicado em Investigação

Semaglutido 0,5 mg ou 1,0 mg proporcionou uma maior perda de peso comparativamente a dulaglutido 0,75 mg ou 1,5 mg, respetivamente, em adultos com diabetes tipo 2, independente do índice de massa corporal (IMC) inicial, com a maior redução a ocorrer em adultos com um IMC ≥ 25 kg/m2. Enquanto o objetivo primário do estudo SUSTAIN 7 se baseava na variação da HbA, esta análise post-hoc analisou o objetivo secundário da variação do peso corporal em termos de IMC. Os resultados foram apresentados nas 78.ºs Sessões Científicas da Associação Americana de Diabetes (ADA), que decorreu entre 22 e 26 de junho, na Florida, Estados Unidos da América.

Publicado em Internacional

Até ao final do mês de maio, a calculadora de risco da diabetes tipo 2 permitiu avaliar 49.128 mil utilizadores. A ferramenta, disponibilizada pela área do cidadão do portal do Serviço Nacional de Saúde (SNS), pretende ser uma forte aliada na prevenção e no controlo da patologia.

Publicado em Pessoas & Serviços

A Ascensia Diabetes Care já deu a conhecer os seis projetos finalistas do Ascensia Diabetes Challenge, cujo intuito é contribuir para a descoberta do próximo grande passo na autogestão da diabetes tipo 2. A iniciativa pretende apoiar soluções digitais que se destaquem pela inovação, no sentido de dar respostas aos desafios que vão surgindo na área da diabetes tipo 2. O vencedor ganhará o valor pecuniário de 200 mil euros.

Publicado em Iniciativas
Pág. 1 de 3

PUB

Planning

Endo Planning

Newsletter

Receba a nossa newsletter.

APOIOS:
.......................

merckA Menarini Diagnostics CERT