quarta, 08 agosto 2018 11:37

Até ao final do ano, Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa coloca 14 bombas de insulina em doentes com diabetes tipo 1

Ainda este ano, o Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) prevê colocar um total de 14 bombas de insulina em doentes com diabetes tipo 1. A iniciativa decorre no âmbito de uma candidatura aprovada pela Direção-Geral de Saúde (DGS), sendo que o processo, já iniciado, beneficiou as primeiras quatro crianças da região, com os denominados Dispositivos de Perfusão Subcutânea Contínua de Insulina.

 

Desta forma, até ao final deste ano, o processo de colocação dos dispositivos vai decorrer de forma faseada, beneficiando crianças e jovens até aos 18 anos de idade. Aos pais das crianças foi dado um processo de formação de 16 horas.

O aparelho permite, “uma melhoria da qualidade de vida, uma vez que dispensa a administração de múltiplas injeções por dia”, afirma fonte do CHTS. Além disso, vai “melhorar o controlo glicémico, pois imita de uma forma mais próxima a secreção fisiológica de insulina pelo pâncreas”.

"O facto de o nosso hospital ter, agora, a possibilidade de oferecer aos doentes portadores de diabetes tipo 1 esta modalidade de tratamento, constitui um importante avanço na qualidade assistencial a esses doentes da nossa área de influência, especialmente às crianças e jovens", comentou a Dr.ª Susana Lira, responsável pela Consulta Multidisciplinar da Diabetes na Criança e Adolescente.

O CHTS, que integra os hospitais de Penafiel e Amarante, é, desde o início do ano, um centro de tratamento de dispositivos de perfusão subcutânea contínua de insulina, que aconteceu no seguimento da candidatura aprovada pela DGS no âmbito do Programa Nacional para a Diabetes.

 

Fonte: Diário de Notícias

 

PUB

Planning

Endo Planning

Newsletter

Receba a nossa newsletter.

APOIOS:
.......................

merckA Menarini Diagnostics CERT