quinta, 10 maio 2018 17:41

APDP e Ministério da Saúde estabelecem compromisso de cooperação

A Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal (APDP) estabeleceram, no dia 14 de maio, um compromisso de cooperação com a Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS) e as Administrações Regionais de Saúde (ARS) do Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo e do Algarve, com vista ao reforço da prevenção e controlo da diabetes em Portugal, durante os próximos cinco anos.

Além da declaração assinada, está a ser ultimada uma convenção, também com a APDP, para a realização de cirurgias das cataratas por parte desta associação.

Por dia, a diabetes é diagnosticada a cerca de 200 novos doentes e 500 são internados nos hospitais portugueses. A prevalência estimada da diabetes na população portuguesa com idades compreendidas entre os 20 e os 79 anos (7,7 milhões de indivíduos) é de 13,3%, isto é, mais de um milhão de portugueses. A este número juntam-se mais de dois milhões de pessoas com pré-diabetes. Esta é uma doença crónica com elevada incidência nos subtipos 1 e 2 que, apesar dos múltiplos investimentos ao nível do diagnóstico precoce e dos avanços terapêuticos, continua a envolver elevados custos económicos, sociais e humanos.

Tendo em conta que o diagnóstico precoce e a intervenção atempada diminuem o risco de complicações na diabetes, permitindo melhores índices de saúde e melhor qualidade de vida, é intenção do Governo reforçar a implementação de medidas de prevenção, controlo e tratamento da diabetes. Neste âmbito, a APDP vai estabelecer um acordo de cooperação de âmbito nacional com a ACSS.

A cooperação entre a APDP, a ACSS e as ARS iniciar-se-á em janeiro de 2019, estendendo-se a 31 de dezembro de 2023, permitindo aos utentes com patologia de diabetes, identificados em cada ARS, que usufruam da oferta atual de prestação de cuidados de saúde disponibilizada pela APDP, nomeadamente consultas, tratamentos e exames.

“O combate à diabetes, nas suas vertentes de prevenção, tratamento e acompanhamento é provavelmente o principal desafio a vencer na próxima década em Portugal. Com os números que a diabetes atinge em Portugal e no mundo, só uma abordagem integrada poderá ser capaz de lhe responder. Este acordo de cooperação com a ACSS e as ARS será um importante passo na luta contra a diabetes, quer na sua prevenção, quer no seu controlo. É esse o desafio a que queremos responder”, explica o presidente da APDP, Dr. José Manuel Boavida.

PUB

Planning

Endo Planning

Newsletter

Receba a nossa newsletter.

APOIOS:
.......................

merckA Menarini Diagnostics CERT