Entrevistas

Sexo, drogas e adolescentes com diabetes: os perigos das fontes de informação não fidedignas
Dr.ª Paula Klose, presidente da AJDP
02 Out. 2018

A internet é frequentemente uma fonte de informação médica privilegiada pelos mais jovens, tratando-se muitas vezes de informação incorreta e não fidedigna. A Dr.ª Paula Klose, presidente da Associação de Jovens Diabéticos de Portugal (AJDP), sublinha os perigos da internet em temas como o sexo e as drogas nos adolescentes com diabetes, que podem contribuir para “más decisões, mau controlo e menos aceitação da doença”. Assista ao vídeo da entrevista.

A escola, os amigos e o desporto: como vive a criança com diabetes tipo 1?
Enf.ª Ema Carvalho
02 Out. 2018

Em Portugal há mais de três mil crianças em idade escolar com diabetes tipo 1. Apesar de a doença obrigar a vigilância constante, nem todas as escolas têm profissionais preparados para esta missão, ao contrário daquilo que é recomendado pela Direção-Geral da Saúde (DGS) e pela Direção-Geral da Educação (DGE). O alerta é lançado pela Enf.ª Ema Carvalho, que sublinha que “as crianças na escola continuam a estar desprotegidas”. Assista ao vídeo da entrevista.

“Há uma linha que separa a realidade e os sonhos dos doentes e o controlo metabólico”
Dr.ª Joana Louro, internista do Centro Hospitalar do Oeste
02 Out. 2018

Na gestão e tratamento das pessoas com diabetes, os médicos estão “formatados para tomar decisões e abordagens validadas cientificamente”, mas é preciso ter em conta “que há uma linha que separa a realidade e os sonhos dos doentes e o controlo metabólico”. As palavras são da Dr.ª Joana Louro, especialista de Medicina Interna do Centro Hospitalar do Oeste, que reconhece que é necessário “olhar para o outro lado do espelho”. Assista ao vídeo da entrevista.

Discriminação das pessoas com diabetes tipo 1 é uma realidade em vários setores da sociedade
Prof. Doutor João Nabais, antigo presidente da IDF Europe
02 Out. 2018

Uma em cada cinco pessoas com diabetes tipo 1 sente-se discriminada por causa da sua doença, segundo dados do estudo português DAWN 2, desenvolvido a nível nacional pela Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal (APDP) e apresentado em fevereiro deste ano. O Prof. Doutor João Nabais, antigo presidente da International Diabetes Federation (IDF) Europe, explica que existem “discriminações de vários níveis”, como a falta de acesso das crianças nas escolas a certos tipos de atividades, o aumento dos seguros de vida para pessoas com diabetes, o acesso a algumas profissões, entre outros. Assista ao vídeo da entrevista com o especialista.

Histórias de vida com diabetes: o outro lado do espelho
Dr. Francisco do Rosário, endocrinologista do Hospital da Luz
02 Out. 2018

Não só de questões médico-científicas foi feito o Fórum da Diabetes Tipo 1, promovido pela Sanofi no dia 15 de setembro, em Lisboa. O ponto de vista dos doentes em relação à sua doença, bem como o modo que a sociedade olha para as pessoas com diabetes, foi alvo de atenção dos profissionais de saúde presentes no evento. Para o Dr. Francisco do Rosário, endocrinologista do Hospital da Luz, “é importante ouvir a narrativa dos doentes”, uma vez que “é a melhor forma de agir do ponto de vista clínico de forma correta”. Assista o vídeo da entrevista.

As novas insulinas: quais os benefícios?
Prof.ª Doutora Paula Freitas
26 Set. 2018

“As novas insulinas disponíveis atualmente vêm colmatar muitas das dificuldades que existiam com as insulinas anteriores”. As palavras são da Prof.ª Doutora Paula Freitas, endocrinologista do Hospital de São João, que dedicou a sua apresentação no Fórum da Diabetes Tipo 1 à insulinoterapia. Em entrevista ao My Diabetes, a especialista sublinha que “com as novas insulinas, conseguimos mimetizar muito melhor aquilo que é o padrão de secreção fisiológica do indivíduo que não tem diabetes”. Assista ao vídeo.

Para além da hemoglobina glicada: objetivos clínicos
Dr. Jorge Dores
26 Set. 2018

Apesar de a hemoglobina glicada (HbA1c) ser “uma ferramenta importantíssima” para a avaliação do controlo glicémico, “reflete apenas o estado geral da glicemia do doente”, sendo necessário aferir também as “variações da glicemia ao longo do dia e controlar eventos que possam ser prejudiciais para o doente”. Foi neste sentido que a apresentação do Dr. Jorge Dores, endocrinologista do Centro Hospitalar do Porto, no Fórum da Diabetes Tipo 1 incidiu no tema “Para além da hemoglobina glicada: objetivos clínicos”, onde sublinhou a importância da monotorização contínua da glicose. Assista ao vídeo da entrevista.

Tecnologias em diabetes: uma revolução no tratamento e gestão da doença
Dr. César Esteves
26 Set. 2018

As inovações tecnológicas têm revolucionado o tratamento e gestão da diabetes, estando muitas vezes associadas a uma melhoria do controlo metabólico e qualidade de vida dos doentes. Foi precisamente sobre “Tecnologias em diabetes” que o Dr. César Esteves falou no Fórum da Diabetes Tipo 1, onde realçou as maiores inovações que têm surgido nos últimos tempos. Assista ao vídeo da entrevista com o coordenador do Grupo de Estudo de Tecnologias Avançadas em Diabetes (GETAD) da Sociedade Portuguesa de Diabetologia (SPD).

Fórum da Diabetes Tipo 1: “Foi fundamental este ponto de encontro entre todos os profissionais que trabalham nesta área”
Prof. Doutor Davide Carvalho
26 Set. 2018

O Fórum da Diabetes Tipo 1, que decorreu no dia 15 de setembro em Lisboa, contou com a colaboração da Sociedade Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes e Metabolismo (SPEDM), representada no evento pelo seu presidente, Prof. Doutor Davide Carvalho. Para o especialista, esta reunião “veio preencher uma lacuna” no que diz respeito à discussão multidisciplinar da diabetes tipo 1 nos diferentes grupos etários, nomeadamente por endocrinologistas, pediatras e médicos internistas. “Foi fundamental este ponto de encontro entre todos os profissionais que trabalham nesta área”, sublinha. Assista ao vídeo.

SPD publica “Proposta de Atualização das Recomendações para o tratamento da hiperglicemia na Diabetes tipo 2”
Dr. Rui Duarte, presidente da SPD
26 Set. 2018

A Sociedade Portuguesa de Diabetologia (SPD) publicou recentemente uma “Proposta de Atualização das Recomendações para o tratamento da hiperglicemia na Diabetes tipo 2”, que esteve em discussão pública até ao dia 20 de setembro. Em entrevista ao My Diabetes, o Dr. Rui Duarte, presidente da SPD, explica os principais pontos defendidos nesta proposta, que “fundamentalmente se baseia na individualização terapêutica” e na “centralidade no doente”. Assista ao vídeo.

Newsletter

PUB